Carrapatos: Dicas Para Cuidar do Seu Pet | Optimum

Política de cookies

Usamos os cookies (proprietários e de terceiros) para ajudar você a navegar em nosso website e colher informações relacionadas ao uso do próprio website.
Ao acessar nossas páginas, você concorda com o uso dos cookies. Para mais informações sobre cookies, ou se não concorda com isso, consulte nossa Política de Cookies.

Voltar a listagem

Carrapatos: Principais Cuidados Para Seu Pet

Quem tem animais em casa deve sempre se atentar às infestações de parasitas, como os carrapatos, que incomodam e causam diversas doenças graves para o pet e para você.

Os carrapatos são parasitas que botam ovos e se alimentam do sangue dos hospedeiros. Geralmente, os principais reféns são os cachorros, mas é possível encontrar carrapatos em humanos e em outros animais domésticos, como gatos, também.

O carrapato urbano (Rhipicephalus sanguineus) é a espécie mais comum no Brasil e, ao contrário do que muitos pensam, ele sobrevive sim fora do corpo do hospedeiro.

Como o nome denuncia, ele é frequentemente visto em ambientes urbanos, como construções, parques e residências. Na natureza, costuma viver entre vegetações e madeiras. Já nos ambientes internos, como residências, ele dá preferência para locais altos, como frestas, tetos e telhas.

Para te ajudar a garantir o bem-estar e saúde do seu pet, respondemos às principais dúvidas sobre os carrapatos, com dicas de como prevenir o contato com o parasita.

Como identificar o carrapato?

Os carrapatos costumam ser maiores e mais lentos do que pulgas. Por isso são fáceis de ser encontrados.

Você pode achá-los durante a escovação, banho ou qualquer outra situação que exija um contato mais longo com o pet. Os parasitas costumam se acomodar nas orelhas, focinho, pescoço e patas dos animais. Então, comece a busca por esses pontos.

O ideal é não esperar as coceiras começarem para se preocupar: crie uma rotina e verifique os pelos do seu companheiro diariamente. Assim, você previne que as doenças transmitidas cheguem ao estado grave e também poupa o pet de um incômodo prolongado.

Que males ele transmite para o pet?

Gato com pelo alaranjado se coça sua cabeça em meio a uma calçada acinzentada.

A picada do carrapato pode causar diversos problemas de saúde para o animal. Uma infestação de parasitas, por exemplo, pode causar anemia no hospedeiro, devido à grande quantidade de sangue que é sugada. Em casos mais graves, a anemia só poderá ser curada com transfusões de sangue.

Além disso, os parasitas podem transmitir outras doenças perigosas e fatais para os pets, como:

  • Anaplasmose: causa anorexia e problemas de coagulação no sangue;
  • Babesiose: rompe os glóbulos vermelhos, resultando em anemia, fraqueza, febre, depressão e perda de peso;
  • Doença de Lyme: provoca irritações na pele e possui sintomas parecidos com o da gripe;
  • Erliquiose: destrói as células de defesa, hemácias e plaquetas, afetando o sistema imunológico. Os sintomas mais comuns são depressão, febre, perda de apetite ou peso, vômito, sangramentos, manchas vermelhas pelo corpo e convulsões;
  • Hepatozoonose: dá origem à debilidade crônica, anorexia e fraqueza dos membros posteriores.

Se encontradas antes de atingir um estágio avançado, as doenças do carrapato têm cura. Cada uma possui um tratamento específico, que deve ser acompanhado por especialistas no assunto.

Ao notar a presença de parasitas em seu animal, leve-o para um hospital veterinário imediatamente. Assim que a doença for diagnosticada, realize o tratamento e o uso de remédios para carrapatos conforme prescrição médica.

Como eliminar o parasita?

Depois de encontrá-lo, você pode pedir ajuda ao veterinário ou eliminar o parasita por conta própria. O procedimento é simples e só precisa de alguns cuidados: para retirar o carrapato, utilize luvas e uma pinça. Depois, coloque-o em um recipiente com álcool.

Seja qual for a situação, lembre-se de não apertar o parasita, pois ele pode contaminá-lo, e de não jogá-lo no vaso sanitário ou lixo, porque ele irá sobreviver e poderá se hospedar em outro ser vivo.

Como prevenir?

Com costumes simples, você previne o contato com carrapatos e reduz as chances de complicações futuras.

O primeiro conselho é checar se há carrapatos no corpo após os passeios. Como dissemos anteriormente, os parasitas são mais encontrados em lugares com folhas e madeiras acumuladas, mas todo cuidado é bem-vindo, mesmo que você não tenha passado por locais arriscados.

Por falar em locais de risco, os pet shops e hotéis para animais também necessitam de atenção: certifique-se que os estabelecimentos possuem programas de prevenção contra os parasitas e cheque os pelos do seu amigo após a estadia.

Coleiras, pipetas e remédios para carrapatos também funcionam como métodos de prevenção, uma vez que funcionam a longo prazo. As pipetas e coleiras agem por contato, ou seja, matam o parasita antes que ele pique seu animal de estimação. Já os comprimidos atuam na corrente de sangue e matam o carrapato no momento em que ele começa a se alimentar do hospedeiro.

Além de cuidar do animal, atente-se à sua residência: casinhas e outros móveis de madeira são ameaças em potencial, pois facilitam o alojamento dos carrapatos em ambientes internos. Como alternativa, dê preferência para móveis feitos com plástico ou fibras.

Se achar que é o caso, contrate também um serviço de dedetização. Com isso, você diminui as chances da sua casa se tornar um foco de parasitas e do seu pet se transformar em um hospedeiro.

 


Acompanhe nossas postagens no site e esclareça essas e outras dúvidas sobre cuidados com cães e gatos!

Dra Jakeline P. Zanon | CRMV xxxx

Nutrição, Dermatologia e Felinos

Graduada pela USP | Mestre em Nutrição pela UFRJ | Doutora em Dermatologia pela Unicamp | PhD em Felinos pela UFMG Integrante do Corpo Clínico do Hospital Petcare desde 2010

Nossos produtos

Sobre OPTIMUM™

OPTIMUM™ chegou com o compromisso do aproveitamento máximo. Isso porque a receita de OPTIMUM™ possui BIOAVAILABILITY: compromisso em entregar uma excelente absorção de nutrientes. Os pets aproveitam o máximo do alimento, para aproveitarem o máximo da vida com você.

Conheça WALTHAM

Os produtos OPTIMUM™ foram desenvolvidos seguindo as recomendações de WALTHAM, a maior autoridade mundial em nutrição, cuidado e bem-estar animal.